quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

É CHEGADA A HORA DE EXIGIR A INTERVENÇÃO

Os líderes dos diversos movimentos sociais que almejam a saída da suposta presidente do Brasil precisariam se unir em prol de um objetivo comum.

No entanto isto não ocorrerá, mas não por meras desavenças internas.

O que impede esta aliança está além das aparências. Na verdade, os movimentos impeachmistas são comprometidos com o establishment

Da mesma forma que a esquerda se vale do discurso de defesa da democracia para implementar a sua revolução cultural socialista, os movimentos que defendem o impeachment estão se valendo de um discurso legalista para defender a ilegalidade.

Como assim?

Ora, os "legalistas" alegam que as leis devem ser obedecidas, mas se "esquecem" de dizer que QUEM FAZ ESTAS LEIS são exatamente aqueles que deveriam ser afastados do poder.

É por este motivo que o impeachment não é e nem nunca será uma forma eficaz de resolver os atuais problemas no Brasil.

- Mas, e o impeachment do ex-presidente Collor, não adiantou nada?

Ora, o impeachment do Collor só foi possível por dois motivos:

  • o ex-presidente não havia ficado tempo suficiente no cargo para aparelhar todas as instituições;
  • a esquerda estava mais organizada através dos movimentos sociais (PRINCIPALMENTE estudantes marxistas) - os famosos cara pintadas.

A saída da suposta presidente não muda nada... Digo, muda o líder da bandidagem - o Ali Babá -, enquanto que os outros "quarenta" bandidinhos continuam lá.

INTERVENÇÃO JÁ!


sábado, 14 de novembro de 2015

A VOZ DA IMPRENSA - Atentados islâmicos na França X Tragédia em Mariana/MG


Dez meses após o último atentato em solo francês, Paris passa por mais uma tragédia. É triste, é trágico e é lamentável. Mesmo assim não podemos nos esquecer que uma tragédia ainda maior está acontecendo neste exato momento no Brasil, apesar de a imprensa haver elegido o drama francês como prioritário. Não é de se estranhar que o governo federal não se importe com o ocorrido no interior de Minas Gerais, afinal, já faz parte da estratégia política do nosso país se interessar pelos eleitores somente em época de eleição. Porém a mesma "desculpa" não se aplica aos meios de comunicação.

Sob o risco de parecer tendenciosa, percebo aqui uma certa manipulação midiática ao chamar a atenção dos brasileiros mais para os assuntos externos do que para os assuntos internos neste momento. O infortúnio francês não é nem mais e nem menos importante que o nosso, É DELES. O mundo todo está chocado com os atentados, inclusive os brasileiros. Ocorre que dar mais atenção àquele episódio do que ao que ocorre no nosso quintal demonstra o quanto a sociedade brasileira está contaminada pela ideologia do "politicamente correto". É MAIS LEGAL SER SOLIDÁRIO COM A MORTE TRÁGICA DE CENTENAS DE INOCENTES DO QUE COM A TRAGÉDIA HUMANA DE OUTRA CENTENA DE DESABRIGADOS.

Se a comparação é inevitável, deveríamos pesar nesta balança o fato de os franceses contarem com algo que os brasileiros não contam já há algum tempo: A FRANÇA TEM UM GOVERNANTE QUE GOVERNA.

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Movimento dos caminhoneiros


Segunda feira, dia 9 de novembro, começou a manifestação dos caminhoneiros autônomos contra o governo da suposta presidente Dilma Rousseff. Como se trata de uma manifestação que vem sendo planejada há algum tempo o governo já estava ciente dela e não foi pego de calças curtas. A Confederação Nacional dos Caminhoneiros, ligado à CUT (e portanto aliado do governo em suas ações) divulgou nota dizendo não apoiar o ato... Claro.

Esta foi a única notícia veiculada pela mídia no primeiro dia de manifestação. É claro que a intenção por trás disso é desacreditar a legitimidade do movimento... No segundo dia, ontem, a tática não foi diferente, porém o governo mais uma vez se deu conta de que o povo não se pauta mais na mídia para se informar sobre o que acontece no país. Depois de décadas se valendo do discurso de que A MÍDIA É UM SETOR NADA CONFIÁVEL PORQUE É "COMPRADA", chegou a hora do governo experimentar um pouco do seu próprio veneno.


GRAÇAS À ARTIMANHA DA ESQUERDA PARA DESACREDITAR A MÍDIA - ENQUANTO ERA OPOSIÇÃO - AGORA O POVO SABE QUE ESTA INSTITUIÇÃO REALMENTE NÃO É CONFIÁVEL. O PT SE ESQUECEU DE DIZER AO POVO QUE AGORA PODEM CONFIAR PORQUE AGORA É ELE QUEM MANDA NO QUE É NOTICIADO.

A única emissora que vem apoiando e divulgando os protestos é o Canal Rural. Ainda há pouco o repórter do canal noticiou que após a medida provisória imposta pelo governo (aumento do valor das multas - de R$1.915,00 para R$5.746,00) 46 movimentos sociais entraram na briga a favor do povo.




QUEM AINDA DUVIDA QUE VIVEMOS NUMA DITADURA?

O governo tem todos os poderes nas mãos, inclusive o poder de nos punir caso a gente se rebele e não aceite os seus desmandos e o seu abuso.

Tudo que o governo faz faz é considerado LEGAL porque é ele quem dita as leis pois o legislativo é um puxadinho do executivo. O governo ladrão e corrupto do PT financia a aprovação de leis favoráveis a ele e ao seu projeto político de poder com o nosso dinheiro.

O POVO BRASILEIRO SÓ SERVE PARA PAGAR IMPOSTOS (e multas, não vamos nos esquecer) E SER SUBSERVIENTE.

O POVO BRASILEIRO SÓ É LEMBRADO NO MOMENTO DAS ELEIÇÕES... Lembrando que com as urnas fraudáveis da empresa Smartmatic o resultado do nosso voto nunca condiz com as nossas escolhas, OU SEJA, ATÉ O NOSSO VOTO SÃO ELES QUE ESCOLHEM.

A população brasileira não tem voto nem voz, e quando protesta, como aconteceu no 7 de setembro, A CÚPULA DO PODER SE PROTEGE  DO POVO ATRÁS DE UM MURO.



Todas as estatísticas oficiais são fraudadas, assim como acontece há anos na Argentinas e mais recentemente na Venezuela (ali proíbe-se a divulgação do índice da inflação feita por agencias de pesquisa não ligadas ao governo).

E o brasileiro quietinho no seu canto. Será que vai ser preciso faltar cerveja pra o brasileiro resolver se rebelar? 

ESPERO SINCERAMENTE QUE NÃO.

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

EMPADA DE GAFANHOTO PARA AMBIENTALISTAS

Fonte: AGUDAS E CRÔNICAS 

de Jacinto Flecha


Em Moscou, antes da revolução soviética, o padeiro Ivanov era fornecedor da corte do Czar. Foi intimado a se apresentar em palácio, devido a grave acusação.

— Como é que você explica isso?

O Czar exibia pessoalmente um pedaço de pão, onde uma aranha se destacava com todas as suas formas e repugnâncias. Sem se impressionar com a carranca dos presentes, Ivanov pegou tranquilamente o pedaço de pão, deu uma mordida onde se achava a aranha, mastigou e engoliu o corpo de delito. E esclareceu:

— Era uma passa de uva, majestade.
— Desde quando você coloca passas no pão?
— Desde hoje, majestade.


Liberado impune, pois aquela acusação não se sustentava depois de consumido o corpo de delito, a primeira providência de Ivanov ao sair dali foi comprar bom sortimento de passas. E o pão incrementado dele passou a render elogios e dinheiro. Não poderia ter sido mais engenhosa a presença de espírito desse padeiro, apesar da repugnância natural em engolir uma aranha.

Muitas situações justificam gestos como esse, para tirar pessoas de apuros. Presenciei no colégio a esperteza de um colega, que se apressou a engolir suas “colas” enquanto o professor se encaminhava para flagrá-lo. E relatos de prisioneiros em calabouços infectos apontam baratas, lagartixas, lesmas como alimento habitual.


Um parente idoso, bom contador de casos, costumava manter inalterável a fisionomia ao concluir narrativas evidentemente absurdas. Isso deixava os ouvintes espantados e inseguros, até alguém dar uma boa gargalhada. Lembro-me, por exemplo, de ele afirmar que se pode comer carne de cobra. E explicava:

— Quando você mata uma cobra deste tamanho (e abrindo as mãos, aproximava os polegares de modo a representar dois palmos), basta desprezar um palmo do lado da cabeça, outro do lado da cauda, e comer a parte que sobrou, assada ou frita.

Muitas pessoas não acompanham com atenção as narrativas, e acabam caindo na esparrela. Não sei se ainda se cai na esparrela na linguagem atual, mas assim se dizia quando alguém foi propositalmente enganado.



Consta que os chineses comem com naturalidade coisas que nos provocariam repulsa ou náuseas, inclusive cobras com mais de dois palmos; ou menos. Um prato que se considera requintado é a sopa de ninho de andorinhas, feita com a saliva que elas usam para colar gravetos uns nos outros, ao construírem seus ninhos. De onde vêm esses costumes chineses? Quais calamidades os levaram a isso? Não sei, porém mais de quatro milênios de história nem sempre garantiram vida fácil e agradável na China. Temos disso provas bem recentes.

Não quero criar complicações digestivas para o seu almoço ou jantar, por isso interrompo meu repertório de repugnâncias alimentares, e volto minha atenção para os artífices da decadência humana. Quem são esses? Que tipo de decadência promovem? O que tem ela a ver com repugnância dos alimentos?

Você já deve ter visto na imprensa, infernet e outras mídias uma onda recente propondo o consumo de insetos como alimentos. Consumo habitual de almoço e jantar, não só naquelas circunstâncias extremas que mencionei. Os artífices dessa decadência a consideram normal, até desejável. Não faltam cretinos para experimentar a novidade, como voluntários em sessões de alimentação com insetos. Convidados depois a dar sua apreciação, nunca se declaram envergonhados por terem caído na esparrela, elogiam o alto teor proteico e não sei que outros aspectos da sua cretinice gastronômica. Uma espécie de propaganda para convidar e iludir outros.

Vejo claramente a impressão digital ambientalista nessa proposta de decadência alimentar. Sou condescendente e compreensivo com cretinos de várias espécies, mas não com esses decadentes voluntários a serviço da decadência. Estou pensando em compor um fichário de todos eles, para uso em certas emergências. Por exemplo, naquelas pragas de gafanhotos, quando soltam enxames multitudinários e aniquilam as plantações. Seria muito prático transformar aspiradores de pó em aspiradores de gafanhotos, encher panelões com eles e preparar guisados, sopas, cozidos, moquecas, empadas, suflês, gratinados – pratos deliciosos e variados para ambientalistas desvairados. E haverá sal de frutas à vontade...

Se você conhece algum desses ambientalistas artífices da decadência, envie-me o nome para expandir o meu fichário. Pragas assim são difíceis de eliminar, mas podemos reduzir uma delas usando-a como alimento da outra. Produzindo indigestão grave com a empada de gafanhoto, podemos reduzir as duas pragas. Vale o esforço.

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

EXTRA, EXTRA: MASTURBAÇÃO PRECOCE AUMENTA A INTELIGÊNCIA DA CRIANÇA

Pai desesperado com a erotização das crianças faz um vídeo comovente e publica no seu canal do Facebook. E é lógico que ele tem toda a razão porque todos aqueles que defendem as idéias do casal acima [assista ao vídeo] partem do errôneo princípio de que a sexualidade já está presente ao nascer. ISSO É UMA GRANDE MENTIRA! A sexualidade começa a se manifestar na adolescência.

Mesmo alegando que "começou a se masturbar tardiamente" o homem do vídeo (filho do comediante Chico Anyzio e defensor da masturbação nas crianças, o ator Nizo Neto), não percebe que o normal é começar esta prática na adolescência mesmo, quando os hormônios começam a agir e "modificar" os nossos sentidos. Uma das besteiras mais incríveis despejadas pelo casal é a afirmação de que a amamentação é um ATO ERÓTICO.

E é exatamente neste ponto que vou me ater para explicar porque todo este discurso de erotização das crianças está relacionado com a pedofilia. Ora, se prestarmos um pouco mais de atenção nas afirmações dos defensores da sexualização da infância, percebermos que o que se deseja com isto é transmitir para a sociedade a visão da pedofilia como algo normal. Funciona assim: para o pedófilo o "tesão" que ele sente pela criança é compartilhado por ela. Ele tem tanta certeza disso que se justifica dizendo que a criança gosta de ser tocada, que ela sente prazer sexual, que ela seduz e coisas do gênero. Mas quem sente enxerga tudo isso é apenas o pedófilo - ele transfere o que sente para aquele que lhe faz sentir. É o mesmo argumento de defesa do tarado que justifica sua agressão dizendo que a vítima estava lhe provocando e, que por este motivo, desejava ser agredida.

Todo discurso pedófilo se baseia nesta visão distorcida que estas pessoas têm da sexualidade infantil. Elas ignoram anos de estudo que afirmam que a sexualidade permanece dormente até os hormônios responsáveis por ela serem ativados.

Na literatura o mais conhecido exemplo de defesa da pedofilia está no livro "Lolita" (1955) de Vladimir Nabokov. Ali a história é narrada pelo próprio pedófilo. Mas Nabokov confere ares de conservadorismo ao personagem pedófilo, o que leva o leitor a consumir a idéia de que a vítima, uma criança de 12 anos, é "madura para a sua idade" e seu carrasco uma vítima de sua sedução - É EXATAMENTE A VISÃO QUE O PEDÓFILO TEM A RESPEITO DA SUA CONDIÇÃO. A distorção dos fatos faz com que o vilão se torne a vítima e a vítima o vilão.


Voltando ao casal de defensores da pedofilia, Tatiana Presser [em seu canal do YouTube] se autodenomina "sexpert", ou "expert em sexo". Sua formação acadêmica é a psicologia e, depois de trabalhar com mulheres na idade da menopausa e/ou vítimas de câncer de mama, passou a estudar "variantes da sexualidade feminina". Creio que foi durante suas pesquisas nesta área que teve contato com alguns dos vários autores reprodutores do pensamento da escola frakfourtiana (senão com o próprio Hebert Marcuse, autor de "Eros e a Civilização"). Por ser extremamente extensa a bibliografia de autores frankfourtianos, raramente vemos ou sabemos de autores comprometidos com uma visão contrária a esta, e somos levados a concluir que esta seria a única e verdadeira forma de se interpretar o assunto. NA VERDADE ESTA É APENAS A ÚNICA VERSÃO DA HISTÓRIA QUE SE QUER DIVULGAR PARA ANÁLISE E CONHECIMENTO. Ou, em outras palavras, a versão politicamente correta da sexualidade [quem conhece o termo sabe que se trata de uma "desinformação intelectual" para viabilização da transformação social com vistas à revolução marxista].

Esta bibliografia usa argumentos bastante atraentes (porém sem comprovação científica) como, por exemplo, a afirmação de que a masturbação prematura auxilia no desenvolvimento da inteligência e coisas assim... Descobriu agora porque você é burro?

Vejam o vídeo do "pai revoltado" divulgado no Facebook a seguir:


"A SUA CRIANÇA CORRE PERIGO! Não é possível que você fica indiferente a tudo isso... VEJAM ATÉ O FINAL! Tenho certeza...
Posted by O Brazil, de fora do Brasil on Terça, 23 de junho de 2015

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

IMPEACHMENT - O golpe final




Nesta terça-feira (29/09/2015) PT e PMDB se reuniram para negociar mais um ministério para a legenda - o sétimo. O Lula estava lá. Apesar de não contar com nenhum cargo político, Luiz Inácio ainda dá as cartas nas negociatas mais importantes envolvendo a legenda e o governo (cadê a presidANTA?).

A pauta, segundo divulgado pela imprensa, foi a "reforma ministerial". O objetivo seria, ao que parece: amansar o PMDB, partido que sempre funcionou como escora para o PT. Lula "aconselhou" Dilma a dar mais um ministério à legenda. Alguns acreditam que esta estratégia se deve ao fato de o PMDB ser o partido que tem o poder de levar adiante o processo de impeachment. Lembrem-se: o vice-presidente da República, o presidente da Câmara dos Deputados e o presidente do Senado Federal (na ordem: Michel Temer, Eduardo Cunha e Renan Calheiros
) são peemidebistas. Contudo, o impedimento da presidente a cada dia se mostra mais inevitável. O jeito seria fazer o que o PT sempre fez muito bem: fingir aceitar o processo democrático e agir nos bastidores para manipulá-lo a seu favor.


Façamos uma recapitulação dos acontecimentos: como se sabe o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, teve seu nome citado na Operação Lava Jato.  Citação esta que ocorreu como "adento" à delação premiada já assinada e já negociada. A inclusão "post temporedo seu nome fez parte de uma manobra para desacreditar Cunha e diminuir o seu apoio entre os oposicionistas. Concomitantemente a isto, a advogada Beatriz Catta Preta - quarto braço da operação Lava Jato e para quem eram encaminhados os investigados com intenção de firmar um acordo de delação premiada - resolve renunciar à advocacia e abandonar seus clientes dizendo-se intimidada "pelos integrantes da CPI". Ora, uma delação premiada, para que seja acertada, deve conter uma narrativa que justifique a sua aceitação pela autoridade competente. Após aceita, nos termos em que foi estabelecida, segue-se a delação em si... Acrescentar dados à delação que já foi negociada e aceita é algo inusitado, para não dizer estranhamente suspeito. Certamente a história por traz destes fatos um dia ainda será conhecida de todos.

O presidente do Senado, Renan Calheiros, já deixou mais do que claro que é um defensor dos interesses de Dilma e do PT. Bem, tendo estes três personagens - Temer, Cunha e Calheiros - sob sua batuta e podendo manipulá-los a seu bel prazer, o PT já pode esquecer o apoio à Dilma e fingir que aceita o clamor das ruas: o impeachment.

Enganam-se aqueles que não acreditam que Eduardo Cunha ou mesmo o Congresso Nacional impedirão o afastamento da presidente. Ela será afastada sim, mas o PT continuará dando as cartas e a população será acalmada e mais uma vez enganada pela esquerda golpista.

domingo, 20 de setembro de 2015

PIXULECO - O JOGO


Imagem do "PIXULECO, o jogo" (link aqui) - onde eu perdi até o caminho de casa

Como é difícil defender a democracia (a real democracia).
A empresa Icon Games desenvolveu um game inspirado no boneco mais amado dos brasileiros - e mais odiado pelos devotos do Santo do Pau Oco. O game é simples - para os jovens acostumados com games. Sua missão é defender o Pixuleco - Lula Presidiário -  das facadas dos devotos do Santo do Pau Oco e recuperar a maior quantidade possível de dinheiro desviado das estatais.
NEN CHEGUEI A 200 PONTOS - Conclusão: defender a democracia requer mais dedicação e "sacrifício" do que ser mulher nos dias de hoje.
Você controla o Pixuleco com as setinhas do teclado e, detalhe, não adianta ir o mais longe possível do solo porque os terroristas vermelhos têm o poder da levitação - muito injusto isso. As facadas são fatais, não existe pegada de raspão - muito injusto isso.
A criação foi ao ar há uma semana (13/09), no domingo, e tem de tudo para ser um sucesso pois 93% dos brasileiros tanto quer ver o dinheiro desviado de volta quanto ama e defende o Pixuleco. Então, mãos à obra pessoal, porque quanto mais dim dim a gente recuperar mais pontos a gente conta em favor da democracia.

sábado, 19 de setembro de 2015

O exército americano liderado por um gay assumido - está errado?


O presidente americano, Barack Obama, indicou nesta sexta-feira (18/09) o Sr. Eric Fanning como próximo secretário do Exército, segundo comunicado feito pela Casa Branca. Fanning é o atual subsecretário do Exército e já trabalhou como subsecretário da Força Aérea e chefe de gabinete do secretário de Defesa dos Estados Unidos, Ashton Carter. Apesar do seu nome ainda ter que passar por confirmação no Senado norte-americano, a sua simples indicação já gerou uma enorme polêmica pelo fato de Fanning ser um gay assumido. Caso aprovado, Fanning seria o primeiro gay a liderar uma das Forças Armadas na história americana.

O secretário de defesa, Ashton Carter, anunciou durante a celebração do orgulho gay e lésbico deste ano, que o Pentágono endureceu sua política de oportunidades igualitárias para proibir a discriminação baseada na orientação sexual. Em comunicado feito nesta sexta, o presidente Obama disse estar confiante na liderança de Eric Fenning frente ao exército e acreditar na sua experiência pregressa, o que foi visto pelos ativistas como um sinal de progresso na proteção dos direitos LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgêneros) dos homens e mulheres da maior força militar do mundo.

Até a confirmação do seu nome, Fenning e o governo Obama passarão ainda por muitas críticas, não só por parte da oposição mas também dos setores mais conservadores americanos. A homossexualidade pública do candidato ao cargo pode tanto ajudar como atrapalhar a sua aprovação. Isto porque o povo americano é essencialmente conservador, apesar da imagem que se tenta passar. De um lado o Partido Democrata abraça a causa do politicamente correto para, a partir dela, conseguir votos e apoio da população. Do outro lado o Partido Republicano, extremamente conservador, tenta barrar os avanços "politicamente corretos" por acreditar que estes não são tão democráticos quanto apregoam ser, o que é a mais pura verdade.

A política de oportunidades igualitárias americana não é diferente da nossa política de cotas e bolsas. Ambas são medidas populistas que visam açambarcar gregos e troianos num mesmo barco, mesmo sabendo que estes não se misturam. Um fato que os esquerdistas insistem em desprezar é que não há como acabar com um conflito gerando mais conflito. Porém, para um sistema de idéias que prega a igualdade de pensamento, este detalhe pareçe mesmo ser de somenos importância.

Uma outra leitura possível seria a de que o que o presidente Obama pretende na realidade é desmoralizar as Forças Armadas. O exército mais poderosos do mundo, com um efetivo dos mais experientes e bem treinados, além de um dos melhores equipados, ter que obedecer a um líder de "masculinidade duvidosa", arranha o brio de qualquer um que não reze a cartilha do politicamente correto.

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Quem é mais suscetível ao gramscismo?


GRAMSCISMO - doutrina de ideias do pensador italiano Antônio Gramsci usada como cartilha para a viabilização da revolução socialista contemporânea. Segundo ela a revolução deve se dar a partir da ideologia (presente nas instituições, nos sistemas de ideias e nas crenças de uma sociedade).

Gramsci acreditava que para mudar a sociedade havia-se primeiro que mudar os homens e, para tanto, havia que se modificar o modo de pensar das pessoas. Partindo deste princípio, Gramsci formulou uma estratégia para viabilizar esta mudança de pensamento. A tática passava por infiltrar o pensamento marxista na sociedade sem que ela soubesse que tais ideias faziam parte do ideário revolucionário socialista. Isto posto, a partir do momento em que a sociedade houvesse digerido esta nova forma de percepção da realidade, passaria a desejar e a defender o socialismo sem que o soubesse.

Um dos primeiros flancos a atacar foram as Universidades, por esta ser uma instituição de opinião respeitável e o local onde são formadas as mentes pensantes do futuro. Tais instituições de ensino foram então “invadidas” por pessoas comprometidas com o pensamento socialista que passaram a formar a cada ano uma horda cada vez maior de admiradores desta ideologia.

Concomitantemente infiltraram-se na mídia jornalística, no cinema, nas instituições religiosas e sindicais. Todas elas instituições de grande influência no pensar social. Não bastasse isso, no passado mais recente decidiram infiltrar-se também nos movimentos sociais: movimentos feministas, movimentos negros, movimentos gays, movimentos jovens (que deram origem à contracultura).

Fotos do "Camp Taylor", famoso refúgio hippie dos anos 60 no Havaí (YouTube)

Vale ressaltar que, segundo o gramscismo, para que o socialismo seja possível é necessário que as pessoas acreditem que ele é o melhor para elas. Precisam querer estar sob este regime, clamar por ele. E PARA ISSO PRECISAM SER ENGANADAS. E a melhor forma de remodelar o pensamento das pessoas é dominando as instituições sociais responsáveis pela disseminação de ideias: institutos educacionais, instituições religiosas, mídia e agremiações de classe, basicamente.

Todos os movimentos sob influência desta ideologia passaram a rezar a cartilha marxista sem saberem que o faziam, pois, como desconheciam o pensamento de Marx, não tinham como associar o que ouviam destes aliciadores com os textos marxistas. Tais movimentos com o tempo passavam a contar com seus próprios "multiplicadores" - mais conhecidos como IDIOTAS ÚTEIS: aqueles que inocentemente (ou por falta de leitura) acreditam nas falácias propaladas pelo socialismo.

Percebe-se que toda a sociedade ocidental, em maior ou menor grau, se viu “atacada” pela ideologia marxista. Todas as classes sociais, em maior ou menor grau, sofreram a influência desta nova moral social. Porém, os mais suscetíveis são sempre os mais pobres – não coincidentemente os mais “defendidos” pelos esquerdistas. Mas por que os mais pobres? Porque são os que possuem menor acesso à informação, tanto por não contarem com recurso para se informar, como porque dependem das escolas, da mídia e das instituições religiosas para tal e estas, em sua maioria, já não estão mais comprometidas com os pobres ou com a verdade, mas com o ideário socialista.

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

A MENTIRA é uma estratégia para se manter no poder


Considerando que a presidiária, digo presidente Dilma, chamou os governadores da quadrilha aliada para reunião em Brasília para tratar da provação do novo imposto CPP - contribuição previdenciária provisória -, chegamos a constatação de que ela mente de novo e agora, sem pudor. Na cara dura mesmo...

ENTÃO VEJAMOS: a aprovação da contribuição previdenciária provisória - Segundo ela e o Joaquim Leviano é extremamente necessária porque o dinheiro será destinado a pagar exclusivamente as aposentadorias e os benefícios previdenciários. MAS, na reunião com os governadores O TEMA FOI REPARTIR O DINHEIRO COM ELES, se ajudassem a aprovar o imposto. Estados e municípios não pagam aposentadorias previdenciárias nem benefícios a pensionistas do INSS. Quem paga é a previdência social - que é federal.

QUER DIZER, ESTÃO METENDO A MÃO NO NOSSO BOLSO PARA FINANCIAR GOVERNADORES CALHORDAS, PREFEITOS CORRUPTOS E UMA PRESIDENTE INEPTA, MENTIROSA E INCOMPETENTE.

Diz o velho ditado: malandro demais se atrapalha.

Quanto aos cortes de gastos, isto ninguém quer. NEM PRESIDENTA NEM GOVERNADORES. Apenas 1.000 cargos de comissão serão cortados. O governo petista tem 123.000 cargos. O que vão economizar com o corte não paga nem os cafezinhos servidos nos gabinetes de Brasília num mês. Os ministérios a serem cortados, são dez. Sendo que cinco deles são CARGOS COM STATUS DE MINISTRO. Os ocupantes serão apenas rebaixados, mas permanecerão mamando.

NÃO SE DEIXE ENGANAR. A CRIATIVIDADE DESSES CANALHAS PARA ENGANAR O POVO NÃO TEM LIMITE.

Autor: Rubens Santos

domingo, 13 de setembro de 2015

Eixo do Mal Latino-Americano: 5 mil armas para o Estado Islâmico?


Ano passado, a ditadura castrista usou o Porto de Mariel para escoar armas de guerra para a Coreia do Norte. Quem reteve o navio, que supostamente carregava apenas açúcar, foram as autoridades panamenhas. É possível acessar o relatório da ONU neste link.
Agora, a Guarda Costeira da Grécia noticia que apreendeu um navio registrado sob a responsabilidade do Ministério da Defesa da Bolívia, que foi flagrado carregando um verdadeiro arsenal, supostamente destinado ao Estado Islâmico.
Foram encontradas 5.000 armas, a maioria delas fuzis, e meio milhão de projéteis. Os contêineres com o material foram embarcados na Turquia e seriam entregues na cidade de Misrata, na Líbia.
Quando Heitor de Paola lançou o livro O Eixo do Mal Latino-Americano e a Nova Ordem Mundial, cuja segunda edição será relançada em breve pelo Mídia Sem Máscara, não poderia ter escolhido nome mais propício. De modo a refrescar a memória do leitor e ligar as pecinhas, peço que considere:
- O Porto de Mariel foi pago com o NOSSO dinheiro, mediante empréstimos secretos via BNDES;
- Partidos como o PCdoB, que faz parte da base aliada do desgoverno, apoiam a Coreia do Norte;
- Dilma Rousseff pediu diálogo para com o Estado Islâmico;
- A foto da criança síria afogada que ganhou as redes é consequência daqueles que fogem da invasão do Estado Islâmico em coalizão com o Grupo Bilderberg e demais grupos concorrentes;
- Evo Morales, o mesmo que ameaçou o Brasil de guerra caso a Constituição fosse cumprida - o que para os bolivarianos é golpe -, é parceiro de grupos terroristas e os alimenta com armas e drogas, assim como Cuba;
- Foi para a Líbia que Lula foi pedir dinheiro para o PT, em 1981. Lula chamava Muhammar Al Kaddafi de "meu amigo, meu irmão e líder".
Os exemplos são inúmeros e toda esse rede espúria de contatos exemplifica o que é o Foro de São Paulo, cujos lacaios, que nos matam através de um processo democida em processo de aceleração, ainda nos ameaçam constantemente de guerra, coisa que, conforme o andar da carruagem, é questão de tempo.
Se a consolidação da Unasul através do socialismo fabiano do Diálogo Interamericano, este o pai do Foro de São Paulo, já seria uma chaga para os povos do bloco, a unificação feita através de uma ditadura comunista via Foro será o revival dos horrores soviéticos.
Mal sabem os idiotas úteis apátridas que alimentam uma guerra fratricida ao defender um partido pilhador, terrorista e assassino, que serão eles os primeiros a serem eliminados com a transição definitiva de regime.

Fonte: Mídia Sem Máscara
Autor: Davis Amato - 04/set/2015

Turismo LGBT no Brasil



Segundo o site Pravda (jornal do PC soviético) o turismo LGBT é um dos negócios em maior desenvolvimento no mundo, chegando a crescer três vezes mais do que qualquer outro, com um ritmo anual de 10,3%. O site cita um estudo de 2012 da Organização Mundial de Turismo onde concluiu-se que este público procura constantemente novos serviços dentro da oferta turística e conclui que, a partir de 2015 terá à disposição um novo destino: a cidade de Porto Alegre. O objetivo seria tornar a capital gaúcha uma referência entre os destinos turísticos Gay Friendly do Brasil.

O Brasil tem sido considerado mundialmente um destino Gay Friendly, sendo que as cidades que se destacam nesta categoria são: Rio de Janeiro (RJ), São Pulo (SP), Florianópolis (SC), Recife (PE) e Salvador (BA).

A cidade de Los Angeles, nos Estados Unidos, sediou entre os dias 08 e 11 de abril deste ano a 32ª Convenção Anual da International Gay & Lesbian Travel Association - IGLTA (Associação Internacional de Viagens para Gays e Lésbicas). Este evento acontece sempre em países diferentes - em 2012 ocorreu no Brasil, em Florianópolis. A novidade deste ano foi a candidatura da cidade de Recife. A Embratur (instituto Brasileiro de Turismo), logicamente, marcou presença. Marco Lomanto, diretor de Produtos e Destinos da entidade notou que "o Brasil tem uma diversidade incrível e todo o país pode ser considerado um destino Gay Friendly. O setor tem muito a ganhar com este segmento que possui um grande potencial para a geração de divisas para o país."

Sem dúvida um mercado turístico promissor e, certamente, atende à agenda do governo politicamente correto brasileiro. Ao que parece não demorará muito o dia em que ser hetero será considerado ser minoria. Será que teremos que esperar este dia para começarmos a reivindicar o nosso espaço?

sábado, 12 de setembro de 2015

O PODER DA GALHOFA


Fonte: O GLOBO

Autor: Nelson Motta

Como imaginar que alguém que se expressa de forma tão confusa tenha um pensamento organizado e lógico sobre um tema complexo?

A galhofa é um traço marcante do espírito brasileiro, e se manifesta até nas grandes adversidades e em momentos dramáticos, como uma forma de desmoralizar o sofrimento, a raiva e a frustração. Sinaliza o fim do jogo, a derrota sem honra, a retirada sem dignidade. O riso e o deboche anunciam o fim de uma era e a saída de cena de seus protagonistas sob vaias da plateia.

Os bonecos de Lula presidiário e de Dilma com nariz de Pinóquio os atingem em cheio onde mais temiam. No início da crise e ameaçando entrar na guerra, Lula disse que suportaria tudo, menos ser chamado de ladrão. E Dilma, que até FH reconhece como honrada e nem a oposição mais feroz acusa de roubar, para 93% dos brasileiros é mentirosa. Não há crescimento econômico nem marketing que façam um mentiroso voltar a ser acreditado.

O que preocupa em Dilma é a conexão entre a sua forma de falar e o seu pensamento. Como imaginar que alguém que se expressa de forma tão tortuosa e confusa, mesmo nos assuntos mais simples, tenha um pensamento organizado e lógico sobre um tema mais complexo? Não é questão de oratória, talvez de neurolinguística, sintetizada na piada do “Piaui Herald”: “Dilma faz delação premiada, mas PF não compreende nada”.

Dilma detesta privatizações e faz concessões de serviços públicos a contragosto, não gosta de nada que diminua o tamanho e poder do Estado. Será que ela nunca percebeu que um escândalo como o da Petrobras nunca aconteceria numa empresa privada do mesmo porte? Quadrilha de políticos e empreiteiros rouba Shell em bilhões de dólares! Valor de mercado cai pela metade com o escândalo Shellão... rsrs.

Claro, isso só acontece em empresas estatais; são 140 controladas pelo governo, dominadas pelo poder político e pelo aparelhamento partidário, usadas para tapar rombos e financiar campanhas. A maior inimiga da corrupção é a privatização.

Se a Petrobras tivesse sido privatizada em 2002, como Lula acusava Alckmin de tramar, não haveria petrolão. Mas nosso nacionalismo prefere ser roubado por patrícios a fazer boas parcerias internacionais ou pagar a estrangeiros por bons serviços.

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

As Farc, o apocalipse zumbi e a doutrinação ideológica marxista


Jovens brasileiros lutando em uma guerrilha paramilitar de um país estrangeiro que tem como sustentação o sequestro e o narcotráfico?

Isto é algo impensável para muitos pais e mães de família. Sobretudo pelo fato de o narcotráfico ser o principal responsável pela destruição de inúmeras famílias em nosso país. É também algo que nenhum pai, em sã consciência, jamais desejou como objetivo de vida para seus filhos.

Então, o que levou (e leva) estes jovens a abandonarem tudo, inclusive suas famílias, e se aventurarem nesse caminho? A resposta, de tão simples, chega a ser odiosa: nossos filhos estão sendo doutrinados nas escolas.

Desde a alfabetização eles já se vêem recebendo a influência dos valores marxistas. Aprendem, entre outras coisas, que nunca serão capazes de ser alguém na vida porque a sociedade [capitalista] conspira contra eles. Aprendem a se fazer de vítimas de uma maquinação diabólica implantada em suas cabeças. E, mais do que isso, aprendem que a única forma de se livrarem destas "AMARRAS" fantasiosas é LUTANDO (literalmente mesmo). Mas, como estas amarras não são reais, contra o que iriam lutar? Outra resposta simples: contra tudo aquilo que lhes disserem que devem lutar.

Nossas crianças estão sendo ensinadas a ver o mundo com olhos turvos, sem poderem distinguir, dentre as fracas imagens que lhe chegam, qual é a real e qual é a cópia tosca da real. Em outras palavras, estão sendo preparados para serem usados para um propósito que não lhes é dado conhecer.


 Cena do seriado "The Walking Dead" - 6ª temporada, onde vemos a personagem Sacha "entregue" aos zumbis em uma vala, antes de enterrá-los

Mas esta doutrinação, para ser completa e totalmente eficiente, não deve acontecer somente nas escolas - e não acontece. Ela permeia todo o tecido social, estando presente em todos os lugares aonde vamos e para onde desviamos a nossa atenção: nos livros, nas revistas, nas novelas, nos filmes e nas músicas. E para fechar o ciclo, nas igrejas.

Assim como acontece na trama "The Walking Dead" onde toda a humanidade fora contaminada por um vírus capaz de transformar todos nós em zumbis - mesmo que não sejamos mordidos por outros zumbis -, nós também estamos contaminados, de alguma forma, por esta doutrina. No caso do seriado, o vírus é "desconhecido", mas sabe-se da sua existência e do que ele é capaz. Já no nosso caso o "vírus" é conhecido apenas por alguns contaminados, enquanto que os outros, apesar de já terem ouvido falar a seu respeito, se negam a acreditar em sua existência e na sua virulência. No nosso caso, também temos conhecimento de sua "mais recente" MUTAÇÃO (aquilo que faz com que um vírus se torne resistente tanto à imunidade natural quanto às medicações já usadas em seu combate): trata-se da cepa do "politicamente correto" - do latim politice recte.

A penetração viral em nossa sociedade é tal que conseguiu transformá-la radicalmente em poucas décadas, sendo que qualquer transformação social se efetua normalmente no intervalo de alguns séculos. Algumas mudanças foram boas, mas outras, sobretudo as mais recentes, desastrosas. Comparáveis à uma chaga cancerígena.


 
O vídeo acima é um pequeno exemplo de como a mensagem marxista é perfeitamente passível de ser transmitida de forma subliminar. A primeira vista parece um documentário isento de terceiras intenções, mas ao olhar mais de perto, e compará-lo com a agenda marxista, a isenção cai por terra.

Mas por que não percebemos esta manipulação? Simples: são dadas informações "maquiadas" para assim serem tomadas como certas. Como? Ora, tais informações são permeadas de meias verdades: pega-se um determinado fato concreto e o analisa-se a partir de pressupostos falsos.

Na verdade não é tão difícil perceber o jogo de palavras utilizado para se realizar tal manipulação. O documentário se propõe a desmascarar a condição servil da humanidade em relação ao mundo moderno. Afirma que nosso sistema é totalitário por nos obrigar a consumir cada vez mais. Em outra palavras, somos vítimas do mercado e não consumidores que necessitam de determinados produtos. "Esquece-se" de dizer que enquanto consumidores não compramos o que não nos interessa, por mais que a propaganda tente nos convencer do contrário. Tanto é que qualquer produtor que queira ser um vencedor na sua área deve estar atento ao seu cliente, o MERCADO CONSUMIDOR.

Se não resistimos ao chocolate e saímos da dieta a culpa não é do chocolate, mas inteiramente nossa.

O marxismo é exatamente isso: uma teoria que culpa os outros pelo nosso fracasso e que propõe como solução a 'SOCIALIZAÇÃO" do sucesso dos outros. Mas infelizmente não dá para socializarmos o corpinho sarado de quem malha disciplinarmente todos os dias com aquele que se presta a ficar o dia todo de frente à televisão assistindo futebol. Mas isto os marxistas não dizem.

terça-feira, 8 de setembro de 2015

Dilma adota DEFINITIVAMENTE uma nova forma de comunicação com a nação - a internet


A decisão da presidente Dilma Rousseff em não obedecer o protocolo presidencial da realização de um pronunciamento à nação no Dia da Independência é sintomática. Decisão idêntica já havia sido tomada em sua gestão anterior, no dia 1º de Maio do ano passado, frente às comemorações ao Dia do Trabalho. À época optou-se pelo pronunciamento via internet de forma a, de um lado "não deixar de vir à público" e, de outro, tentar a todo custo evitar os protestos em forma de sinfonia de panelas.

Sua decisão foi justificada pelo ministro da Secretaria de Ação Social, Edinho Silva, como "uma forma de valorizarmos outros meios de comunicação". Acredite quem quiser, pois nem todos os trabalhadores brasileiros têm acesso à internet e, dos que têm, qual deles iria se dar ao trabalho de acessar o link para ver o pronunciamento presidencial posto que sequer quando este é veiculado pela TV lhe é dada a devida atenção?

Na mesma ocasião Edinho Silva acrescentou que "A presidenta não teme nenhuma forma [de manifestação] oriunda da democracia"... Será? A cerca de metal que isolou o desfile de 7 de setembro em Brasília não é prova disso. Mas afirmar uma coisa enquanto se faz outra já provou ser a tática de governo da gestão Rousseff, basta comparar suas promessas de campanha com sua gestão atual.

Está mais do que claro que a presidente tem medo do povo que a elegeu. E motivos não faltam para isso. Dilma está ilhada em Brasília. Já não pode sair à público sem que seja vaiada e agora assumiu de vez a tática de se apartar de aparições na TV. O discurso da normalidade continua, mas as teias desta peneira que a presidente insiste em usar, em breve não serão mais capazes de tapar o sol que insiste em raiar.

Tudo isso faz-me lembrar a música de um conhecido compositor da esquerda: 

APESAR DE VOCÊ

[...]

Apesar de você
Amanhã há de ser
Outro dia
Eu pergunto a você
Onde vai se esconder
Da enorme euforia
Como vai proibir
Quando o galo insistir
Em cantar
Água nova brotando
E a gente se amando
Sem parar

[...]

Apesar de você
Amanhã há de ser
Outro dia
Inda pago pra ver
O jardim florescer
Qual você não queria
Você vai se amargar
Vendo o dia raiar
Sem lhe pedir licença
E eu vou morrer de rir
Que esse dia há de vir
Antes do que você pensa

Apesar de você
Amanhã há de ser
Outro dia
Você vai ter que ver
A manhã renascer
E esbanjar poesia
Como vai se explicar
Vendo o céu clarear
De repente, impunemente
Como vai abafar
Nosso coro a cantar
Na sua frente

Apesar de você
Amanhã há de ser
Outro dia
Você vai se dar mal
Etc. e tal
Lá lá lá lá laiá

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Fonte: Blog do Beto

NUNCA ANTES NA HISTÓRIA DESSE PAIS um governo foi tão recalcitrante, aético e amoral como este da Dilma.

A imoralidade bateu às portas do Palácio do Planalto e ali fez sua moradia permanente. É, na verdade, uma casa de esquizofrênicos. É também uma casa onde a corrupção fez o seu ninho mais fértil desde que o Lula botou os pés lá dentro e o seu principal ministro, José Dirceu, saiu algemado para o presídio da Papuda.

O sindicalismo, que deu origem ao PT, apodreceu, esfacelou-se nos sucessivos escândalos do mensalão e da Lava Jato. Não à toa, dois dos seus principais homens de finanças foram flagrados roubando os cofres públicos.

Delúbio Soares, o primeiro tesoureiro, vive com uma tornozeleira eletrônica, vigiado dia e noite como um bandido comum. O segundo, João Vaccari Neto, está recolhido à penitenciária. Pesam contra ele acusações seríssimas: a de roubar a Petrobrás e achacar empresários para manter o PT do Lula no poder.

A orgia financeira, porém, não acaba aí. Ao lado do gabinete da Dilma, numa sala decorada de estrelas vermelhas, um senhor de barba rala, com cara de assustado, como se estivesse a qualquer momento esperando para ser algemado, é o terceiro tesoureiro da quadrilha. Trata-se de Edinho da Silva, um ex-deputado estadual por São Paulo, inexpressivo na política e na vida social, já denunciado na Lava Jato. De comum entre os três, apenas o fato de não serem expoentes do partido, razão pela qual foram escolhidos a dedo por Lula como boi de piranha para intermediar o assalto às empresas públicas.

Os brasileiros vivem hoje uma situação vergonhosa, calamitosa, desastrosa. Os ministros e os ex-ministros do PT são vaiados e até ameaçados. Não podem sair às ruas sem escoltas com medo de serem agredidos ou insultados pela população. A Dilma, empoleirada dentro de um gabinete, só sai de lá para entregar as casas inacabadas do “Minha Casa, Minha vida”, um programa assistencialista adotado por políticos fisiológicos em troca de voto.

O Brasil parou. E a presidente, sem iniciativa, entrega ao Congresso Nacional um orçamento que já prevê um déficit de mais de 30 bilhões reais.

A Lei de Responsabilidade Fiscal foi jogada no lixo pelo Joaquim Levy, da Fazenda, e Nelson Barbosa, do Planejamento, com o argumento cínico de que ela é omissa quando se refere a um orçamento aleijado como o que eles apresentaram ao Senado Federal. O que se pode entender desse descalabro econômico? Que a Dilma deixou de governar, que não tem paciência para administrar o país, que a lama despejada dentro do Palácio do Planalto já chegou à sua sala. E o pior: vive cercada de ministros corruptos envolvidos na Lava Jato.

A Dilma, com a sua incompetência, desmantelou uma geração de brasileiros que até há pouco tempo vivia gritando em manifestações e estádios de futebol, o slogan ufanista: “Sou brasileiro, com muito orgulho...” No início desta semana três fatos marcaram a política brasileira que dão bem a dimensão do descaminho político do Brasil: Zé Dirceu sendo inquirido pelos próprios petistas na CPI da Lava Jato, silencioso, com cara de presidiário; o pedido de impeachment da Dilma feito pelo jurista, Hélio Bicudo, 93 anos, um dos fundadores do PT; e a denuncia feita pelo Ministério Público ao primeiro bando da operação Lava Jato que incluem, entre outros personagens, o próprio Dirceu e João Vacari Neto, ex-tesoureiro do PT, que sempre viveu à sombra do Lula.

E a julgar pelas palavras do Juiz Sergio Moro, a operação Lava Jato ainda vai chegar ao chefão.